O que esperar no setor europeu dos transportes rodoviários para 2022 e no futuro

Publicado a 31 de março de 2022 - 5 minuto(s) de leitura

Mais vendas online, maior durabilidade, eletrificação, maior digitalização, mais inovação… Nenhum gestor de frota, independentemente do tamanho da frota, irá perder estas quatro tendências principais de curto e médio prazo no setor do transporte rodoviário. Permita que os nossos dois especialistas da Michelin* ajudem a poupar-lhe tempo dando-lhe as principais conclusões

majortrends portrait

majortrends portrait

Nathalie Duroux, diretora de conhecimentos sobre o mercado e os clientes da linha de camiões e autocarros da Michelin
Laurent Tridemy, gestor de previsão estratégica e estatísticas da Michelin

majortrends img1 ecommerce

majortrends img1 ecommerce


1: o comércio eletrónico está a crescer rapidamente

Embora o setor do comércio eletrónico já estivesse a mostrar sinais de um crescimento estável antes da pandemia, os confinamentos fizeram dispará-lo! Para os países da UE, coletivamente, o comércio eletrónico gerou uma receita total de 757 mil milhões de euros em 2020(1).

Na Europa, a adoção digital aumentou de 81% para 95% no seguimento da crise da COVID-19: um aumento que iria demorar dois a três anos na maioria dos setores empresariais em taxas de crescimento pré-pandemia(2). E a tendência veio para ficar.

Tenha em consideração que os consumidores estão a fazer cada vez mais compras online, as suas expetativas aumentaram, especialmente no que toca à prontidão. A entrega quase em tempo real das mercadorias tornou-se o novo normal em todos os setores

2: a mobilidade sustentável é obrigatória

O maior desafio que o setor dos transportes enfrenta é a redução das emissões para se tornar mais sustentável. Os regulamentos estão a tornar-se cada vez mais rígidos, em particular com a nova norma VECTO (Ferramenta de cálculo do consumo de energia de veículos).

Para entregas para o último quilómetro em áreas urbanas, os veículos de entregas já estão no caminho da eletrificação.

No entanto, de acordo com a IHS, em 2030, 90% dos M&HCV (veículos comerciais médios e pesados) ainda serão a gasóleo. Em 2035, representarão 64% das vendas de veículos. Apenas se prevê que esse número fique abaixo dos 50% após 2040, mas os veículos movidos a gasóleo continuarão a ser a maioria na estrada até 2050(3).

Nesse sentido, com base nas previsões do preço dos combustíveis e também no custo das tecnologias e restrições regulamentares:

Prevê-se que o gasóleo continue a ser a opção mais competitiva em termos de custos e o combustível dominante para o transporte rodoviário até 2040.
Os veículos híbridos podem balizar a resiliência do gasóleo em caso de pressão nas emissões de GEE (gases com efeito de estufa) e poluentes.
O gás natural parece ser o combustível mais comparável ao gasóleo em termos do custo total de propriedade e também ajuda a reduzir as emissões de carbono e poluentes

majortrends img2 sustainability

majortrends img2 sustainability

majortrends img3 digitalisation

majortrends img3 digitalisation

3: Digitalização para a otimização de frotas

Quando falamos em digitalização, temos em consideração não só todas as plataformas de carga, como também o aspeto da telemática, com os camiões ligados que agora permitem a manutenção preditiva.

A telemática possibilita a recolha de dados que a inteligência artifical pode utilizar para otimizar a gestão da frota.

Na Europa, atualmente, 38%(4) dos veículos com mais de 6 toneladas estão ligados.

A médio prazo, a digitalização deve permitir ligar todos os fluxos de dados e fatores…


4: Inovação em curso

A inovação ao nível do transporte faz inevitavelmente pensar nos veículos autónomos, dos quais conseguimos distinguir cinco níveis de autonomia (de 1 a 5). O nível 1 corresponde à assistência ao condutor, enquanto o nível 5 é um veículo totalmente autónomo. O nível 3 é um veículo semiautónomo, que se prevê que seja alcançado até 2025.

O nível 5 ainda está muito distante, mas irá promover o uso de pelotões (o uso de comboios de embarcações rodoviários ou pelotões), que irão diminuir a pegada ecológica (uma vez que a redução do consumo de combustível diminui as emissões de CO2) e aumentar a segurança (ao reduzir o risco de erro humano, em particular na travagem de emergência).

É uma tecnologia que está gradualmente a ser implementada e que só estará desenvolvida em 2035, mas que já devemos ter em consideração.

majortrends img4 innovations

majortrends img4 innovations



Um resumo das principais tendências ao nível do setor dos transportes rodoviários

pt take in at a glance

pt take in at a glance

Fontes

* Entrevista a Nathalie Duroux e Laurent Tridemy realizada a 6 de outubro de 2021.

(1) Relatório FEVAD – https://www.fevad.com/chiffre-cles-2021-fevad/
(2) https://www.lorienglobal.com/en/insights/ecommerce-in-europe
(3) https://ihsmarkit.com/index.html
(4) Análise e relatório da BCG and Berg Insight de 2021

Podcasts

Junte-se à comunidade !

Ao fornecer o meu endereço de e-mail e clicar no botão abaixo, eu concordo com os Termos de utilização e com a Política de Privacidade, forneço a minha assinatura eletrónica e consinto em receber e-mails de marketing automatizados, independentemente de qualquer registo anterior na lista de exclusão de qualquer empresa, estatal ou nacional da Michelin North America, Inc. O consentimento não é uma condição para qualquer compra. Pode optar ativamente por não participar a qualquer momento. Um representante Michelin pode contactá-lo se demonstrar interesse em ser contactado relativamente a uma oferta de serviço ou produto. O Representante pode ser o seu Representante de Vendas da Michelin ou um Distribuidor Autorizado da Michelin na sua área. A Michelin respeita a sua privacidade. As informações que nos enviou estão protegidas pela nossa política de privacidade.

_ *
É um…
  • Utilizador final
  • Revendedor de pneus
  • Outro
0

Está a utilizar um Browser não suportado por esta web

Está a utilizar um browser que não é suportado por este website. Isto significa que algumas funcionalidades podem não funcionar como pretendido e podem ocorrer comportamentos estranhos ao navegar neste site.

Utilize ou atualize/instale um dos seguintes browsers para tirar o máximo partido deste website.

Firefox 78+
Edge 18+
Chrome 72+
Safari 12+
Opera 71+