White transporter driving inside the city

header hd

White transporter driving inside the city

Carrinha: 4 critérios para uma escolha de pneus mais sustentável

Publicado a 8 de março de 2023 - 2 minuto(s) de leitura

Atualmente, o setor dos transportes tem um grande impacto no ambiente. Os pneus também desempenham um papel importante: as análises do ciclo de vida dos pneus mostram que a maior parte do seu impacto ambiental está relacionada com a fase de utilização. Vamos descobrir juntos que fatores devem ser considerados na escolha de um pneu para carrinhas.

Stéphane Lam, Diretor de Produtos de Marketing para a Linha Comercial Urbana da Michelin, fornece-nos mais informações.

stephanelam

Stéphane Lam, Diretor de Produtos de Marketing
para a Linha Comercial Urbana da Michelin

Critério 1 — Longevidade

Quanto maior for a duração do seu pneu, menor é a sua utilização e o desperdício gerado.

Em média, o pneu MICHELIN Agilis CrossClimate apresenta, no mínimo, mais 25% de quilometragem do que os outros pneus de verão e inverno dos principais concorrentes e mais 39% do que os pneus para todas as estações dos principais concorrentes (1,2,3).

Para melhorar a quilometragem dos pneus, os fabricantes estão atentos ao próximo passo: pneus ligados.

Efetivamente, estes pneus vão permitir uma manutenção preditiva, evitando a perda de pneus. Em suma, vão durar mais tempo.

Não vai demorar muito até que os pneus inteligentes ligados já em uso no setor dos camiões fiquem disponíveis para veículos utilitários e camiões ligeiros.

Critério 2: resistência ao rolamento e compatibilidade com veículos elétricos

Com o fim anunciado das vendas de novos veículos com motor de combustão interna na Europa em 2035, a Michelin está a estudar pneus inovadores para camiões ligeiros compatíveis com a mudança para veículos elétricos.
O peso adicional das baterias, o binário do motor elétrico e a travagem regenerativa: todos estes fatores aumentam o desgaste dos pneus.

É por isso que é fundamental escolher pneus com uma boa resistência ao rolamento*, que otimizem a autonomia do veículo e, ao mesmo tempo, mantenham desempenhos adequados de condução e segurança, independentemente das condições de condução.

* Esta é a resistência que os pneus encontram quando rolam sobre uma determinada superfície. As principais causas são a deformação do pneu, o arrasto aerodinâmico e o atrito com o solo.

 

Critério 3: robustez

Em ambientes urbanos adversos onde as carrinhas são utilizadas intensivamente, o impacto nos pneus é comum. Contudo, um pneu robusto apresenta uma maior resistência ao impacto, o que evita a eliminação prematura.

Neste campo, a Michelin foi pioneira na conceção de protetores de paredes laterais reforçadas na gama especial para carrinhas, a MICHELIN Agilis.

 

Critério 4: um pneu para todas as estações

Na Europa, a escolha dos pneus no segmento dos veículos ligeiros e utilitários estava, até agora, dividida em duas principais estações: verão e inverno.
Em 2018, a Michelin foi pioneira no pneu MICHELIN Agilis CrossClimate, um pneu sem compromissos para todas as estações.

O desafio era oferecer um pneu versátil que se adequasse perfeitamente a todas as estações. Tinha de:

- ter um bom desempenho em estradas molhadas;
- otimizar a travagem e a aceleração em estradas com neve;
- proporcionar uma boa longevidade e quilometragem;
- ser suficientemente robusto, em particular nas paredes laterais, para resistir à utilização urbana agressiva.
Além disso, o Grupo Michelin está a tirar partido das caraterísticas desenvolvidas para as gamas de pneus para autocarros através da inclusão de espessos escudos protetores únicos ao longo da parede lateral nas suas recentes gamas de pneus para camiões comerciais ligeiros (CLT).

O pneu MICHELIN Agilis CrossClimate está repleto de inovações que aumentam a segurança, a dirigibilidade e a longevidade, mantendo, ainda assim, desempenhos equilibrados para evitar o aumento do consumo de combustível em camiões ligeiros ou veículos utilitários.

Para além destas alavancas ecológicas, os fabricantes estão à procura de novas soluções sustentáveis. O Grupo Michelin definiu como objetivo a utilização de 40% de materiais sustentáveis em todos os seus componentes de pneus até 2030 e de 100% de materiais sustentáveis até 2050. Os pneus serão gradualmente compostos por materiais reciclados, de origem biológica e renováveis.

Fontes

(1) Testes de longevidade realizados pelo Centro de testes DEKRA a pedido da Michelin, em 2017, no tamanho 235/65 R16C 115/113 R, no Mercedes-Benz Sprinter, em comparação com os principais concorrentes premium de pneus de verão, inverno e para todas as estações do ano (VERÃO: MICHELIN Agilis CrossClimate (50145 km); BRIDGESTONE Duravis 660 (42760 km), CONTINENTAL ContiVanContact™ 100 (29660 km), WINTER MICHELIN Agilis CrossClimate (50412 km), CONTINENTAL VanContact Winter (32863 km), PIRELLI Carrier™ Winter (33009 km); ALL SEASON MICHELIN Agilis CrossClimate (47702 km) CONTINENTAL VanContact™4Season (21396 km), PIRELLI Carrier™ All Season (30467 km), GOODYEAR Vector 4 Seasons (29790 km))​

Teste de longevidade em uso real médio (D50) com um percurso de 10000 km e extrapolado com uma longevidade estimada de 1,6 mm. ​

(2) - longevidade - Testes de longevidade realizados pelo Centro de testes DEKRA a pedido da Michelin, em 2017, no tamanho 235/65 R16C 115/113 R, no Mercedes-Benz Sprinter, em comparação com os principais concorrentes premium de pneus de verão, inverno e para todas as estações do ano (VERÃO: MICHELIN Agilis CrossClimate (50145 km), BRIDGESTONE Duravis 660 (42760 km), CONTINENTAL ContiVanContact™ 100 (29660 km), INVERNO: MICHELIN Agilis CrossClimate (50412 km), CONTINENTAL VanContact Winter (32863 km), PIRELLI Carrier™ Winter (33009 km), TODAS AS ESTAÇÕES: MICHELIN Agilis CrossClimate (47702 km) CONTINENTAL VanContact™ 4Season (21396km), PIRELLI Carrier™ All Season (30467 km), GOODYEAR Vector 4 Seasons (29790 km)).​

Teste de longevidade em uso real médio (D50) com um percurso de 10000 km e extrapolado com uma longevidade estimada de 1,6 mm. ​

(3) - longevidade - estudo interno da Michelin realizado na presença do Centro de testes DEKRA (pista Narbonne) em dezembro de 2020 - fevereiro de 2021, no tamanho 235/65R16C 115/113 R, no Renault Master, MICHELIN Agilis CrossClimate (29789 km) em comparação com o BRIDGESTONE Duravis All Season (22023 km).

Teste de longevidade em uso real médio (D50) com um percurso de 9421 km e extrapolado com uma longevidade estimada de 1,6 mm.

Os resultados podem variar de acordo com as condições da estrada e meteorológicas.

Junte-se à comunidade !

Ao fornecer o meu endereço de e-mail e clicar no botão abaixo, eu concordo com os Termos de utilização e com a Política de Privacidade, forneço a minha assinatura eletrónica e consinto em receber e-mails de marketing automatizados, independentemente de qualquer registo anterior na lista de exclusão de qualquer empresa, estatal ou nacional da Michelin North America, Inc. O consentimento não é uma condição para qualquer compra. Pode optar ativamente por não participar a qualquer momento. Um representante Michelin pode contactá-lo se demonstrar interesse em ser contactado relativamente a uma oferta de serviço ou produto. O Representante pode ser o seu Representante de Vendas da Michelin ou um Distribuidor Autorizado da Michelin na sua área. A Michelin respeita a sua privacidade. As informações que nos enviou estão protegidas pela nossa política de privacidade

É um…
Utilizador final Revendedor de pneus Outro
common.error.invalidField:This field is invalid
20 ou menos More than 20 Não faço a gestão de camiões
common.error.invalidField:This field is invalid

Está a utilizar um Browser não suportado por esta web

Está a utilizar um browser que não é suportado por este website. Isto significa que algumas funcionalidades podem não funcionar como pretendido e podem ocorrer comportamentos estranhos ao navegar neste site.

Utilize ou atualize/instale um dos seguintes browsers para tirar o máximo partido deste website.

Firefox 78+
Edge 18+
Chrome 72+
Safari 12+
Opera 71+